sábado, 25 de fevereiro de 2012

QUARESMA

Quaresma é o período de penitência e preparação para a Páscoa.
É a lembrança dos 40 dias e 40 noites que Cristo passou no deserto e também dos 40 anos que os judeus caminharam até chegarem à Terra Prometida.
O período da Quaresma corresponde aos quarenta dias anteriores à Semana Santa.
Começa na Quarta-feira de Cinzas e vai até o Domingo de Ramos

O primeiro dia da quaresma chama-se Quarta-feira de Cinzas, por causa do rito em que se deposita um pouco de cinza na fronte dos cristãos. As cinzas com as quais o sacerdote nos unge à testa, significa penitência, tempo de luto, fragilidade humana. Essas ‘cinzas’ são resultado dos ramos secos usados no Domingo de Ramos do ano que passou, que foram guardados e depois incinerados. (Os ramos passam pelo fogo purificador, assim como nós temos que – com o fogo purificador de Deus - acabar com o nosso egoísmo, orgulho...).

Devemos ver a Quaresma como um tempo especial de retiro espiritual, tempo de voltarmos a Deus,
reaquecer a nossa fé, mudarmos de vida, superar as atitudes que não combinam com um cristão.
As graças principais da Quaresma são: a conversão, a reconciliação e a partilha.
Viva com qualidade este tempo de caminhada!


Símbolos da Quaresma
São vários os símbolos e atitudes que acompanham esse tempo. Os mais importantes são:
·                   A COR ROXA, AS CINZAS E A CRUZ  Lembram o caráter de penitência e conversão. O caráter sério da Quaresma se manifesta também no visual do espaço celebrativo, sóbrio e despojado.
·                   AUSÊNCIA DO GLORIA E CANTOS DE ALELUIA Neste período também se prepara a missa sem cantos que tragam a palavra "aleluia".
·                   AUSÊNCIA DO RITO DE LOUVOR Também é retirado das missas o canto de louvor (o Glória).
·                   O JEJUM O jejum e a abstinência de carne expressam a íntima relação existente entre os gestos externos de penitência, mudança de vida e conversão interior. Nos leva a dar mais atenção à Palavra de Deus e à população empobrecida que se encontra em permanente jejum.
·                   A CAMPANHA DA FRATERNIDADE Assumindo cada ano uma situação da realidade social, nos ajuda a viver concretamente a experiência da Páscoa de Jesus nas páscoas do povo; nos levando assim, a concretizar nosso esforço comunitário de conversão em gestos de solidariedade.


 

Um comentário:

  1. Vim te convidar a participar do Amigo Secreto de Páscoa do Blog Catequese e Partilha.

    Um abraço.

    Ana Virgínia

    http://catequeseepartilha.blogspot.com/2012/02/amigo-secreto-de-pascoa.html

    ResponderExcluir